Fale conosco, estamos on-line!
FALE COM A ARQUITETA SHEILA.

DECORAÇÃO DE QUARTOS DE BEBES.

Se a decoração dos quartos, em geral, já precisam de cuidados especiais e bem característicos, os dos bebes, mais ainda! Esses ambientes devem aliar a estética à uma funcionalidade muito específica. E essa funcionalidade não é somente direcionada ao bebê, mas também, à mãe e babás, que cuidam diretamente no dia a dia.
As medidas e ergonomia são de fundamental importância.
O berço, a cômoda e a poltrona, formam o trio mais importante nesses espaços.
O berço deve ser confortável e ter dimensões apropriadas, 1.30m x 0,70m, é o  ideal.
A cômoda, que geralmente, pode funcionar como gaveteiro e trocador, deve ter altura de 0,90m e 0,45m de profundidade. Esse móvel é um dos mais importantes no quarto, pois a troca de fraldas, ocorre várias vezes por dia e se essas medidas não forem seguidas, a mamãe pode conquistar dores lombares crônicas. E acreditem, esse é um problema muito comum e recorrente entre as mães de babies.
Agora, vamos falar da poltrona. Com espaços cada vez mais reduzidos, muito comum, não ter lugar para esse móvel. Porém, se possível, é muito bom tê-lo no quarto, pois ele servirá em vários momentos de amamentação, que além de demorar, são desconfortáveis, caso não tenha um assento adequado.
Se houver espaço, uma excelente ideia é ter um sofá cama, pois muitas vezes é necessário dormir perto do bebê, principalmente quando eles ficam doentinhos ou indispostos, o que é muito comum.
Outro item de importância ímpar, é a paleta de cores. Como nos outros quartos, continuo a afirmar que as cores devem ser neutras e bem clarinhas. Embora alguns discordem, eu não abro mão desse princípio. Nada de pretos, vermelhos, amarelos fortes! Esses tons excitam, agitam e alguns podem até mesmo provocar sintomas de depressão. O quarto é um local de repouso, relaxamento e calma. É o lugar onde recuperamos o stress do dia e para os bebes, o lugar onde eles ficam a maior parte do tempo. Portanto, deve passar serenidade e não nervosismo ou agitação.
Por exemplo, o amarelo forte pode ser usado em quartos somente de crianças que tenham algum tipo de deficiência mental e não àquelas que possuem funcionamento normal, pois essa cor, estimula o cérebro.
O preto, muito comum, hoje em dia, nas decorações de adolescentes, chamadas de Tumblr, também não é apropriado para esse ambiente. O preto até pode estar presente, mas pontualmente, no quarto dos adolescentes, jamais em grandes superfícies, pois ele causa depressão.
Mas voltando aos babies, as cores recomendas por mim são o verde clarinho, o azul clarinho, o amarelo, muito clarinho, o rosa também em tons claros, o lilás, e os tons neutros, como o bege e branco. Esse último, fica muito bonito, quando é usado em molduras, detalhes, rodameios, rodatetos e boiseries.
As barrinhas e papéis de parede, são muito bem vindos e possuem uma infinidade de modelos nas lojas, para todos os gostos.
Vamos à alguns exemplos selecionados da internet para servir de inspiração.
Abraços.
ArqSheila.





























































CONTRATE SEU PROJETO DE ARQUITETURA ONLINE.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE PERITO E ASSISTENTE TÉCNICO??

  A Pergunta que está na cabeça de todos!!! Afinal, qual a diferença entre perito e assistente técnico?? Bem simples, pessoal!! O perito é n...