Fale conosco, estamos on-line!
FALE COM A ARQUITETA SHEILA.

O QUE É MELHOR? CONSTRUIR OU REFORMAR?





Pergunta feita por muitos, porém, pouco clara para aqueles que não são da área de construção civil e dúvida frequente entre aqueles que não sabem se constroem sua casa ou se compram um imóvel pronto e depois partem para uma reforma.
Primeiro, é preciso deixar claro que, ambas as hipóteses são viáveis, desde que, se contratem os profissionais certos. Muitas pessoas ainda caem no grande erro de querer "economizar" na contratação de especialistas e acreditam erroneamente que, um bom mestre de obras substitui um arquiteto ou um engenheiro. Esse é aquele famoso caso do "barato que sairá caro". O mestre de obras tem sua função bem definida dentro de uma reforma ou construção e é bem importante que seja técnico e competente. Porém, ele jamais fará o trabalho do arquiteto e engenheiro. Ele não é qualificado para desenvolver um projeto de arquitetura, calcular uma estrutura e muito menos, pode ser responsável técnico por nenhum serviço. Quem pensa que vai gastar menos, fazendo esse tipo de escolha, certamente se decepcionará, quando ver que tudo saiu do controle, por falta de planejamento e acompanhamento por profissionais especialistas.
Voltando ao assunto deste post, eu costumo comparar as duas hipóteses com brincadeiras de crianças muito conhecidas. Falo que, construir, é similar com o LEGO e reformar com a caixinha de surpresas (nunca sabemos o que vai sair de dentro...rs).
Quando sou questionada a esse respeito, aconselho sempre, a comprar um terreno e construir. Quando fazemos um imóvel desde sua fundação, com um bom projeto de arquitetura, temos como prever com precisão, o orçamento geral da obra, bem como, o cronograma físico financeiro, que prevê o tempo que cada serviço será efetuado e seu custo dentro do contexto total. Não há como ter surpresas nesse caso. Sabemos exatamente o tempo e custo de cada etapa.
Já na reforma, a coisa fica bem diferente. A começar pelo fato que, um imóvel pronto, não tem como se saber sobre aquilo que está por baixo do chão, no caso, o estado de conservação das fundações, bem como, dentro das paredes, no caso, a estrutura (pilares, vigas,etc)  e instalações (elétrica e hidráulica). Nessa situação, eu diria que, quanto mais experiente for o profissional, melhor, porque, certeza ele não terá, mas consegue visualizar e prever os pontos fracos e eventuais problemas, com maior facilidade que um profissional novo no ramo. Sem contar que, dependendo da reforma, ela pode ter um custo mais elevado que a construção de mesma área. O tempo necessário para reformar é maior do que para construir, pois existe um serviço a mais, que é a demolição, não existente na construção.
Sendo assim, é bom avaliar com cautela todos esses detalhes para concluir como proceder.
Abraços.





Imagem da obra executada pela arquiteta Sheila.

Arq. Sheila

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE PERITO E ASSISTENTE TÉCNICO??

  A Pergunta que está na cabeça de todos!!! Afinal, qual a diferença entre perito e assistente técnico?? Bem simples, pessoal!! O perito é n...